Perda recente da mãe

em

“Eu perti minha mãe no dia 15/01/2016 eu sempre morei com ela samos 4 irmã so que um eu nunca me dei com ela sempre brigamos mais quando minha mãe estava no hospital grave só eu e esse irmã que eu não fala e que ficamos cuidando dele ate os ultimo momento de vida dela, so que não completo os 7 dia de falecimento eu sonhei com minha mãe ela me dava a mão e íamos para casa dessa irmã e ela ria muito , no quarto muito iluminado todo branco, hoje dia 28/01/2016 sonhei denovo com ela so que estava chovendo fino eu pisava na lama e um mulher me pedia um abraço so que era a voz da minha mãe eu chorava muito sai correndo e o chão estava todo molhado da chuva eu acordei muito cansada”


Olá!

Você está nos contando dois sonhos, portanto vou falar de cada um separadamente, ok?
No primeiro, você vê sua mãe te dar a mão e ir com você para a casa dessa irmã – ela ria muito, num quarto muito iluminado e todo branco. Pelos elementos que você deixa, inclusive nos contando sobre a relação com essa irmã e como vocês duas ficaram cuidando da sua mãe (embora não se dessem bem), podemos supor que, inconscientemente, você esteja tentando solucionar essa relação aparentemente difícil que possui com essa irmã, entende? Embora brigassem, você enfatiza que somente as duas cuidaram de sua mãe no último momento de vida. Ou seja, sua mãe, na doença, uniu vocês duas, e você parece esperar que ela continue a uni-las mesmo após a morte, trazendo esse desejo em forma de sonho. Você usa a figura feliz e iluminada de sua mãe para reatar os laços com a irmã.

E, além de utilizar a figura da mãe para unir vocês duas, especialmente nesse momento de perda recente, você ainda transfere o afeto que tinha por sua mãe para sua irmã. No sonho, sua mãe a conduz para a casa de sua irmã – isso é uma forma simbólica de você mesma transferir o afeto que sente pela mãe – que acaba de perder no plano material – para a irmã, que ainda está viva. A irmã com quem nunca se deu bem, mas que aparentemente te dividido com você momentos muito importantes, entende?

Já o sonho do dia 28/01 parece remeter a algum tipo de desgaste ou esgotamento. Eu não entendi muito bem da forma como descreveu – você correu para onde? Correu da mulher com a voz de sua mãe ou correu em direção a ela? Não ficou muito claro. Contudo, o fato de você acordar se sentindo cansada nos dá a entender que o seu sonho esteja relacionado ao esgotamento, à perda de energia, entende? Você estaria passando atualmente por uma situação que te cansa. O chão escorregadio por onde corre no sonho, a lama de quando pisa – esse tipo de chão parece nos remeter à dificuldade que você sente em caminhar na própria vida no momento em que teve esse sonho. Dar passos ou correr tem sido complicado para você ultimamente da mesma forma que é desgastante tentar andar num piso molhado! E talvez o motivo esteja relacionado à sua mãe. Sua mãe te pede um abraço e você chora – e sai correndo. Isso sugere que talvez alguma coisa esteja sugando suas energias, algo relacionado à sua mãe. O fato de ela ter partido pode desencadear uma série de emoções e sentimentos mal-resolvidos – culpa e medo, por exemplo. Medo de ela estar desamparada, medo de você se sentir desamparada, culpa por algo que aconteceu e que agora você acredita não poder resolver mais… além da própria perda em si, que pode ser difícil.

Você afirma sempre ter morado com sua mãe, então é possível que essa separação no plano material esteja obrigando você a se ver sozinha, a precisar caminhar na vida – pela primeira vez, sem a presença dela. Porque você sabe (e parece constatar para você mesma em sonho) que sua mãe partiu e que você deve deixá-la ir, que não pode abraçá-la para sempre. No sonho, você chora porque parece saber que a separação está acontecendo, não tem como se prender a ela no plano material. Ao mesmo tempo, o caminho pelo qual vai trilhar sem sua mãe tem se mostrado instável, difícil – lamacento, molhado, escorregadio.

Esse sonho parece indicar que algo relacionado à sua mãe – e seu recente falecimento – esteja drenando suas energias, tornando sua caminhada difícil e escorregadia. Além de processar a própria dor da perda, é preciso também absorver emoções como a saudade, o medo, a culpa, o rancor, o mal-estar. Já é difícil perder a mãe – passar por esse processo de luto tendo morado a vida toda com ela pode intensificar o sentimento de solidão e intensificar também o medo de caminhar de forma independente.

Se, no sonho, você correu em direção à sua mãe sentindo o piso molhado, isso pode sugerir que você esteja tentando reatar seu laço com ela, coisa que você mesma mostra que é difícil de acontecer, pois o chão está molhado – isto é, você diz a si mesma que ela, mesmo pedindo um abraço, já partiu, então você não tem como dar a ela o que pede. É difícil, no sonho, se aproximar dela, da mesma forma que o é na vida real atualmente.

Se você, no sonho, correu da sua mãe (e não em direção a ela), isso pode sugerir que você esteja tentando se afastar dela, tentando seguir em frente… e sente que não é uma caminhada fácil.

Coragem! Perdas são momentos difíceis, mas passar por elas te torna mais forte e mais independente.

Abraços

Bárbara

Anúncios

Escreva aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s